Notícia

Apoio ao Movimento

sexta, 25 de maio de 2018
Nova Esperança faz buzinaço e comércio fecha as portas em apoio à greve dos caminhoneiros

Uma manifestação pacífica, porém com adesão total da população: assim foi o buzinaço e fechamento das portas comerciais conclamados pela Associação Comercial e Empresarial de Nova Esperança e que o povo, se sensibilizando à causa dos caminhoneiros que acaba afetando toda a sociedade, aderiu maciçamente. 

Os manifestantes percorreram, na tarde desta sexta-feira (25) as avenidas da cidade e o povo acompanhava com grande emoção em gesto de apoio a atitude dos participantes mais ativos do movimento. 

O ato foi a forma encontrada pela população para mostrar seu descontentamento às seguidas altas no preço do petróleo e em especial aos caminhoneiros, o óleo diesel. A Acine apoia o movimento, se solidarizando aos grevistas haja vista que a alta de combustíveis afeta diretamente o movimento do comércio e a economia brasileira como um todo. 

 A mobilização acompanha um grande movimento dos caminhoneiros a nível de Brasil, com rodovias interditadas por todos os lados, desde segunda-feira. Com a  greve dos caminhoneiros,  praticamente já esgotou o combustível nos postos de Nova Esperança e região. Também há falta de gás de cozinha e o reflexo da paralisação já deverá afetar também os supermercados, Correios e outros setores. 

A reportagem conversou com alguns dos vários caminhoneiros que estão parados próximos à Nova Esperança – BR 376/km 140. “Agradecemos ao apoio da população. Nós do movimento seguiremos lutando”, destacou João Berola, morador de Maringá.

Fonte: Alex Fernandes França