Notícia

Lei Rouanet para o Natal de Paranavaí

sexta, 27 de abril de 2018
G-8 quer buscar recursos da Lei Rouanet para programação e decoração de Natal

Tornar a cidade ainda mais atrativa no período natalino para fomentar as vendas e movimentar a economia local, vai deixar de ser uma preocupação apenas da Associação Comercial e passará a ser um trabalho de todas as entidades que fomentam o desenvolvimento econômico de Paranavaí. E o primeiro passo para incrementar o período natalino será buscar recursos, através da Lei Rouanet, para uma atraente decoração e forte programação artística. Para viabilizar o projeto será contratada uma empresa especializada em captar recursos através desta lei.

 

Esta foi a principal decisão tomada esta semana durante reunião do G-8, nome provisório do grupo que reúne as entidades de fomento econômico do município. A reunião foi realizada na sede da Sociedade Rural do Noroeste do Paraná, mantendo a rodízio dos locais dos encontros do grupo. A próxima deverá ser na OAB.

 

A Lei Roaunet permite que empresas e pessoas físicas doem parte do IR (6% de pessoas Físicas e 4% de Pessoas Jurídicas) diretamente a projetos culturais de sua escolha. Em Campo Mourão, por exemplo, a Associação Comercial conseguiu levantar no ano passado R$ 1 milhão para investir na Campanha de Natal.

 

Com estes recursos, a Acicam promove um grande desfile na chegada do Papei Noel. O cortejo foi dividido em 12 alas, todas com coreografias especialmente preparada para a ocasião. Os cerca de 400 participantes desfilaram trajando figurinos confeccionados por um grupo de costureiras. Fizeram parte ainda do desfile, carros alegóricos e carros de som.

 

Alunos que participaram da abertura participaram de oficinas de circo, teatro e dança. Também teve a apresentação de 50 bailarinos. Um dos carros alegóricos teve como tema o nascimento de Jesus (presépio vivo).

 

Ano passado, representantes da ACIAP e da Prefeitura estiveram em Campo Mourão para ver in loco a programação e buscar informações sobre a forma como foram viabilizados os recursos.

 

SUINOCULTURA - Outra ação definida no encontro do G-8 foi procurar as instituições de ensino superior da cidade (Unespar, Fatecie, Unipar e Instituto Federal) para fechar juma parceria para fazer um projeto de viabilidade de implantação da suinocultura na região. Esta possibilidade foi levantada na reunião anterior, durante reunião no Sindicato Rural de Paranavaí.

 

A Faculdade Fatecie deve ser a primeira a ser procurada. Ela já é parceira da ACIAP no Ponto de Atendimento ao Empreendedor e se colocou à disposição para participar das ações do G-8. Além disso, ela tem m sua grade de cursos de graduação o de agronomia e pleiteia para 2019 o de Veterinária.

 

Já há algumas iniciativas isoladas para a implantação da suinocultura na região. O G-8 quer juntar estas iniciativas e fomentar mais esta atividade econômica para Paranavaí e região.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Aciap