Notícia

FIMAN

terça, 03 de julho de 2018
Produção no campo e na indústria movimenta economia de Paranavaí

Rafael Cargnin destaca importância da FIMAN e registra que setor gera emprego e aquece a economia

 

A Mandioca é uma das principais culturas agrícolas do município de Paranavaí e agrega muito valor com a produção de farinha, fécula nativa e especialmente do amido modificado. “O setor gera empregos e movimenta a economia local. Por esta razão, a ACIAP (Associação Comercial e Empresarial de Paranavaí) se uniu a outras entidades, como o Sindicato Rural de Paranavaí, a Sociedade Rural do Noroeste do Paraná, Prefeitura de Paranavaí e o Centro Tecnológico de Mandioca (CETEM) para promover a segunda edição da Feira Internacional de Mandioca”, explica Rafael Cargnin Filho, presidente em exercício da Associação.

 

Para ele, o setor ainda tem uma enorme capacidade de desenvolvimento, pois novas tecnologias estão sendo pesquisados para aumentar a produtividade, inclusive de novas variedades. “Assim, a região, que é a maior produtora de mandioca para fins industriais, poderá produzir ainda mais gerando mais riquezas para o município”, diz.

 

A perspectiva do setor, aumentando as exportações, também estimula a participação da ACIAP no evento, já que esta modalidade de comércio abre as portas para que outros setores também conheçam novos mercados. “Também destaco a aquecida que a FIMAN dá ao comércio nos dias que antecede, durante e depois da Feira. Restaurantes, hotéis, táxi, postos de combustíveis e outros tipos de comércio são beneficiados, pois tem o seu volume de negócios aumentados”, conclui.

Fonte: Assessoria de Imprensa da FIMAN